domingo, abril 12, 2009

Paris

Paris, Cidade Luz (devido a ser uma das primeiras cidades a possuir uma iluminação urbana), cidade da moda, da cultura, do amor,... escolham. ;)

Devia ter feito melhor o trabalho de casa e ter investigado os lugares emblemáticos a visitar.. mas tb o tempo disponivel nao era muito e houve que tomar decisoes acerca do que valeria a pena visitar. Decisões dificeis ;)

Em apenas meia duzia de dias, percorri os lugares mais emblemáticos desta cidade - na minha opinião, claro está. Eis o testemunho disso, com alguns geniais comentários :D

Uma das coisas que achei bem interessantes é o facto de existirem tantas floristas e oficinas/lojas de bicicletas por toda a cidade... acho que nem na minha sofisticada vila de origem existem tantas :D


  • Metro de Paris
É o terceiro maior sistema de metropolitano da Europa Ocidental, após o Metropolitano de Londres e o Metropolitano de Madrid - segundo o Wikipedia.

Ao fim de algumas viagens habituamo-nos às linhas, às mudanças de linha.. é um sistema de transportes impecável com o qual podemos percorrer toda a cidade - rápido, fácil de usar, barato.

De qualquer forma, continuo a preferir o não-tão-sofisticado metro português :D


  • O rio Sena
Não é preciso ir muito longe para se verem monumentos... basta um pequeno passeio pelas margens do Sena e facilmente se tropeça num ou outro monumento fabuloso ;)

Tem pontes,

Tem salgueiros e tudo:


  • Bois de Vincennes
Uma zona verde que compreende uma imensidão de infra-estruturas para a prática de desportos: um lago (onde se pode passear de barco a remos), zona de jogging, zona para a prática de ciclismo, zona para passeio de caes, zona para hipismo, zonas relvadas, para uns belos piqueniques... enfim... são muitos kms de zonas verdes muito bem cuidadas.

PS: cuidado é com os corvos que são muitos ;)

Aproximadamente no centro do jardim, temos ainda um jardim zoológico, um parque floral com imensas espécies de flores - a àrea dedicada aos bonsais é bastante bonita - e, last, but not the least, um castelo - Chateau des Vincennes, cuja torre om 54 metros de altura, o equivalente a um prédio de 18 andares, faz desta a mais alta fortificação medieval da Europa.

Não tive oportunidade de conseguir fotos deste castelo, mas estive lá bem pertinho.. e é bastante bonito. A visitar, se possivel.

A circular externa de Paris, num dia mais fraquito:


Um dos típicos estacionamentos para bicicletas:



No parque, alguns dos nativos:


Aspecto geral do lago:



  • Praça da Bastilha
Não, nao é a prisao - que essa, quando cheguei, já estava partida.. :)
Ficou famosa por ter sido o palco do evento histórico conhecido como a Queda da Bastilha.

Hoje em dia trata-se apenas de uma das mais movimentadas rotundas de paris - bem, para atravessar a rua, até é preciso ter cuidado com a circulação de bicicletas.. impressionante. Mas será que aquela gente não tem mais nada que fazer? :P

Em novembro de 1789 a Bastilha foi totalmente demolida, e é isto o que temos como testemunho daquilo que foi outrora uma importante prisão - acho que os bandidos ficavam por aqui enjaulados, para aprenderem.


  • Arco do Triunfo
Um monumento sm necessidade de apresentações, sempre imensamente inundado de turistas que tentam tirar fotos junto do arco. O problema mesmo é tentar que não fiquem pessoas estranhas nas fotos.. ou que entretanto nao passe um carro mesmo em frente do arco :D.

Construído por Napoleão Bonaparte, em 1806, em homenagem às vitórias francesas e aos que morreram no campo de batalha.

Uma foto quase "limpa" do arco, sem turistas por perto:

E, a partir da Torre Eiffel, uma perspectiva bem melhor:


  • Avenida Champs-Élysées
Uma avenida famosa e muitas vezes cheia de turistas, que significa Campos Elíseos; o motivo do nome foi a sua largura e extensão. Uma das mais largas avenidas do mundo, e uma das mais famosas.

Nota: algures a meio do percurso desta avenida, fiz uma pequena pausa para degustar umas sandes... e cometi o erro de dar umas migalhas aos pombos. Não o façam: ao que parece os franceses não gostam muito de quem alimenta pombos. Ahahaa.. bem os lixei.. para o ano devem lá estar milhões de pombos graças a mim.. ehehe

Ao fundo, a place de la concorde, com o seu inconfundível obelisco (ah, esperem, é apenas uma torre... - nao é nada, estava só a brincar.. eheh)

Perspectiva da avenida, aproximadamente a meio do percurso:


  • Place de la concorde
Mesmo ao fundo dos campos Eliseos e antes de entrarmos no jardim des Tulleries, uma magnifica praça, onde podemos avistar ao centro, o Obelisco de Luxor (oferta do egipto aos franceses), de um lado o Arco do Triunfo, do outro o Louvre... e, bem ao fundo, do outro lado do rio Sena, podemos até avistar a Torre Eiffel.

Perspectiva da praça, a partir da torre Eiffel:


  • Jardim des Tulleries
Algures entre a place de la concorde e o Louvre, temos este fantastico e enorme jardim... ainda demora alguns minutos a ser atravessado a pé :P

Umas cadeiras para descansar junto ao lago:


  • Museu do Louvre
Sempre cheio de turistas.. e ainda mais famoso por abrigar o quadro Mona Lisa. Não o cheguei a ver.. mas presumo que ainda lá esteja :D

PS: e não, pelas vidraças das janelas não se consegue vislumbrar nenhuma obra famosa.. ehehe.

Ah, e as duas pirâmides ficam engraçadas ali mesmo à entrada. Eu acho.

Já no interior, por baixo da pirâmide principal:


  • Catedral de Notre-Dame
Outro monumento que dispensa apresentações.

E, uma vez mais, um monumento sempre atolado de turistas.. não têm nada mais interessante para ver, nao? Mas que chatos, os turistas...;)

É uma das mais antigas catedrais francesas em estilo gótico. Iniciada a sua construção no ano de 1163, é dedicada a Maria, Mãe de Jesus Cristo (daí o nome Notre-Dame – Nossa Senhora).

Em 1804, Napoleão I autoproclamou-se neste local Imperador da França.

Parte principal da catedral:

A parte de trás da catedral:


  • Torre Eiffel
Hummm... conhecem? :D

Este engenheiro é que sabia o que fazia.. ainda fez umas coisitas cá em Portugal, mas esta não se ficou assim muito atrás... tb só tem é altura.. ;)

Temos três possiveis andares para visitar, sendo que, por razoes óbvias, o último andar permite uma vista da cidade completamente fenomenal.

É um must, sem sombra de dúvida.

Uma outra hipótese, será seguir até ao sena e tomar um dos bateaux mouches, nos quais se faz uma visita guiada de paris desde o rio - grande parte das obras mais interessantes até estão precisamente nas margens do sena.

Ahh.. e também se podem comprar uns belos crepes (ok, depende da fome que se tiver :D) nas roulotes que geralmente estão junto à base da torre.

Os elevadores:

E.. a torre:
Uma perspectiva diferente, à noite:

E uma outra, mais perto:

Uma vista do Sena, com a Estátua da Liberdade, ao fundo:

  • La Défense
O centro financeiro de Paris, a oeste da cidade.

Não fui, nao visitei, apenas vi ao longe... estava demasiado vento.. :) Mas a avaliar pelos jardins, ate seria um belo spot para um piquenique... nao fosse o vento, como é óbvio.

  • Montparnasse
Zona em que podemos visitar o nono maior edificio da união europeia, que conta cerca de 210m de altura.

A torre Maine-Montparnasse (Maine-Montparnasse Tower), também conhecida por Tour Montparnasse, permite uma vista priveligiada da cidade, aproximadamente como a que podemos ter da Torre Eiffel, que fica a apenas alguns km ;)

Eis uma perspectiva, desde a Torre Eiffel:


  • Montmartre
Area histórica da cidade, onde se localiza a Basílica de Sacré Cœur, e famosa pelo seus cafés e nightclubs, como o Moulin Rouge.

A partir da Basilica, podemos tb desfrutar de uma paisagem única, tendo como fundo toda a cidade de Paris - engraçado como podemos facilmente identificar grande parte dos monumentos/zonas mais famosas - e quem sabe, com isso, decidir onde ir a seguir, eheh.

A basílica, vista da Torre Eiffel:

A basilica, ali mesmo pertinho:

Vista da cidade:

Vista panorâmica da cidade, desde o cimo das escadas:

1 comentário:

Jorge Manuel Reis disse...

Sem dúvida uma cidade a visitar. Encontra-se na minha lista de lugares a visitar há algum tempo. Fica para um momento mais oportuno!